Make your own free website on Tripod.com

Poetas de Moçambique

A Ilha de Moçambique pela voz dos Poetas

Página Principal
Karingana-Ua-Karingana
A Ilha de Próspero
A Ilha de Moçambique pela voz dos Poetas
Contacto

Compilação: Nelson Saúte e António Sopa

ilha-poetas.jpg
Clique na imagem para aumentar

Foi sobretudo por intermédio de poetas que a cultuaram, a despeito de outros factos que dimensionaram o meu conhecimento, que por pertencerem ao universo da mitologia privada não vêm ao caso aludir, que aprendi a amar a Ilha de Moçambique. Muipíti levita continuamente à estatura de um lugar que reverencio e cuja equivalência, ainda que mítica, só encontro naquela Ítaca a que Ulisses da sua pátria e de todos os lugares que o coração de quem leu Homero numa indescritível empatia suscita.
 
...
 
Falas e gentes, culturas e povos reencontram-se, em sagração, na encruzilhada secular desta Muipíti, incrustada no Índico, mirando pachorrenta o Oriente, na inédita cumplicidade entre o macúti e a pedra e cal, o maulide e o açafrão, o m'siro e o colar de prata, o caril e o tufo, expressando-se em macua, swahíli, árabe, português, eu sei lá!, que esta Ilha de Moçambique, nos flancos que se abrem à reconciliação entre Caliban e Próspero, a despeito de alguns complexos que subsistem, aglutina e resguarda, como manancial de quem somos tributários, á incomensurável distância, o repositório de uma memória que a singulariza na prole da moçambicanidade através de um hierático mosaico cultural.
 
Nelson Saúte               
 
Lisboa, Junho de 1992

A Ilha de Moçambique pela voz dos Poetas - Poemas